4 de julho de 2011

ROTA DO ESPÍRITA

imagem retirada da internet

Erguer-se de manhã e bendizer a vida.

Espalhar ao redor a presença do bem.

Escutar calmamente as notícias da hora.

Dar a palavra amiga. Ajudar conversando.

Dispor o coração a servir sem perguntas.

Fazer mais que o dever na tarefa em que esteja.

Suportar sem revolta as provações em curso.

Apagar a discórdia e liquidar problemas.

Estudar e entender. Discernir e elevar.

Render culto à Verdade entre bênçãos de amor.

Ver o direito alheio e respeitá-lo em tudo.

Ser fiel ao trabalho e esquecer as ofensas.

Amar fraternalmente a todas as criaturas.

Acender cada noite as estrelas da paz no abrigo da consciência em preces de alegria.

- Eis a rota ideal na jornada constante do espírita-cristão, à luz de cada dia.






Médium: Francisco Cândido Xavier
Espírito: Albino Teixeira
Texto recebido em reunião da Comunhão Espírita Cristã, na noite de 17-11-65, em Uberaba, Minas.

Fonte: Reformador – fevereiro, 1966

www.caminhosluz.com.br


2 comentários:

César Pedrosa disse...

"Nós somos todos o mesmo, porque todos somos afectados pelo caminho...Nós somos todos o mesmo porque todos somos atraídos para a Chama.

No teu coração sabes que existe uma ordem natural, algo mais soberano que qualquer regra ou lei feita pelo homem pode alguma vez expressar"

http://gestacaodeumser.blogspot.com/p/o-caminho-way.html

Thiagão disse...

Adorei a postagem e concordo com tudo que está escrito, mas confesso que tenho dificuldades para seguir dois dos ensinamentos expostos:

Fazer mais que o dever na tarefa em que esteja.

Suportar sem revolta as provações em curso.

Esta segunda então...preciso me policiar constantemente,mesmo sendo rotulado pelos amigos como uma pessoa calma.

Postar um comentário