1 de julho de 2011

Reflexões de Mãe

imagem retirada da internet

O coração não perde os grandes sentimentos que nos animam em toda a vida, tão somente porque a morte nos altera o caminho.

As mães continuam, cada vez mais vivas, amando mais os filhinhos de sua alma.

Nosso primeiro pensamento, depois da separação do corpo, é volver ao mundo e ensinar o caminho da verdade aos nossos amados que ficam à distância.

Os obstáculos, porém, são muito grandes e, por mais que façamos, é muito difícil desfazer às dúvidas que aparecem...

De qualquer modo, no entanto, não renunciamos à tarde de auxiliar, embora saibamos que muitos dos nossos não nos possam aceitar as idéias renovadoras.

Não exigimos, contudo, a crença no que afirmamos.

Basta compreendermos a necessidade de servir a Deus, em favor de nós mesmos.

O imenso carinho das mães não termina no túmulo.

O coração materno encontra sempre o seu melhor sustentáculo no amor de que se alimenta.

Enquanto a Providência Divina permite, peregrinamos em torno daqueles que são as flores da nossa vida.

E penso que as lágrimas de nossa devoção caem sobre os nossos filhos, como o orvalho do Céu sobre as plantas, porque tudo faz por auxiliá-los e sustentá-los na missão de que se incumbem na Terra.

imagem retirada da internet
Num mundo qual o nosso, a harmonia não é uma luz que possa estar acessa todos os dias, mas os espíritos da esfera carnal nos ajudam a descobrir as flores que o Céu nos destina.

Guardamos conosco, entretanto, a certeza de que Deus nos concederá sempre a paz de que necessitamos, na jornada para o Alto, e o consolo de saber que a mão do Senhor tudo converte para o bem, com o auxilio do tempo.

Esperemos, pois, o futuro.

Médium: Francisco Cândido Xavier
Espírito: Maria F. de Souza
Livro: Cartas do Coração



Bom dia!

Quero dedicar esse lindo texto que recebi por e-mail a minha mãezinha que já trilha sua caminhada em outros planos e também à todas as mães. Lembrando que mãe é um sentimento que se desenvolve dentro do coração. Ser mãe é quando descobrimos que podemos amar incondicionalmente....

Desejo à todos um lindo fim de semana

Bjs
Lu 

3 comentários:

Dú Pirollo disse...

Olá minha querida amiga Luciana!!!
Maravilhosa mensagem minha amiga, realmente o amor de mãe não tem limites, não vê diferenças e nem condições, é puro e eterno, fraterno e compreensivo, e se sobrepõe aos erros dos filhos.
Parabéns pela excelente postagem, adorei minha amiga!!!
Tenha um excelente fim de semana!!!
Grande abraço e muita paz!!!

Denise disse...

Luciana, bela reflexão, enquanto estava lendo, me lembrei do exemplo da mãe de Chico Xavier, depois de seu desencarne, quando via o Chico sofrendo nas mãos de sua madrinha q o criou por um tempo. O quanto foi dolorido para ela. Isso pq tinha muito entendimento, pois é um espírito evoluído. Realmente é difícil estar do outro lado da vida e ver nossos filhos em necessidade. Daí a necessidade de aprendermos a ser equilibrados e crentes, pois Deus sabe o q é melhor para cada um de nós, para q possamos aproveitar ao máximo a reencarnação atual. Muita paz!

Luciano Oliveira disse...

blog da cara nova!!! ta bonito!!!
bonito texto!

Postar um comentário