25 de outubro de 2010

Sinais de Deus




Um homem sussurrou: Deus fale comigo.
E um rouxinol começou a cantar
Mas o homem não ouviu.

Então o homem repetiu:
Deus fale comigo!
E um trovão ecoou nos céus
Mas o homem foi incapaz de ouvir.

O Homem olhou em volta e disse:
Deus deixe-me vê-lo
E uma estrela brilhou no céu
Mas o homem não a notou.

O homem começou a gritar:
Deus mostre-me um milagre
E uma criança nasceu
Mas o homem não sentiu o pulsar da vida.

Então o homem começou a chorar e a se desesperar:
Deus toque-me e deixe-me sentir que você está aqui comigo...
E uma borboleta pousou suavemente
Em seu ombro
O homem espantou a borboleta com a mão e desiludido
Continuou o seu caminho triste, sozinho e com medo.
Até quando teremos que sofrer para compreendermos
que Deus está sempre aonde está a vida?

Até quando manteremos nossos olhos e nossos
corações fechados para o milagre da vida que se apresentas
diante de nós em todos os momentos?

6 comentários:

Della disse...

Parabéns! e acredito que Deus nos fale principalmente através de nossos irmãos. ( amigos e inimigos) Que Deus os abençoe. abraços.

Kassya Mendonca disse...

sim até quando fecharemos os olhos e taparemos nossos ouvidos para Deus? ... dizem que até mesmo o silêncio é uma forma de Deus nos responder, basta prestarmos atenção!

Lindo teu post!

beijos!

Edgard Shigenaga disse...

Amiga, lindo, lindo, lindo!
Muitos não vêem com a alma, não escutam com o coração e não sentem com a essência, então fica difícil sentir ou dialogar com Deus.
Adorei o texto!
Bjão.

Jackie Freitas disse...

Olá Luciana querida, esposa do Glauco querido...rs
Essa mensagem é linda e faz refletirmos que a todo momento somos tocados pela força Divina. Estamos rodeados de bênçãos, mas às vezes, o nosso orgulho e falta de humildade são tão grandes que cegam a nossa visão e deixam apenas que os nossos sentidos (pouco apurados) identifiquem tais sinais. Então, onde há amor, enxergamos ódio; onde deveríamos confiar, nos fechamos em medos e desconfianças; onde deveríamos ajudar, viramos as costas achando que nossos problemas são tão maiores que os dos outros que não temos tempo para notar que nossos "irmãos" também são presentes de Deus e que representam esse grande milagre da vida!
Somos, sim, todos ignorantes! Alguns em proporções maiores que os outros, mas cada um revestido de algum tipo de "deficiência" que impede a contemplação da vida em sua totalidade.
Grande beijo e parabéns pela bela seleção!
Jackie

Edvalter disse...

sensacional!!!!!!!!!!!

Lando disse...

Ótimo!

Postar um comentário