12 de abril de 2012

Vida Futura

imagem retirada da internet
Por trazermos a visão turvada pela matéria, ainda não compreendemos bem o sentido da vida futura, com suas potencialidades e responsabilidades.
Vivemos sonhando com um mundo melhor, mas agimos como crianças, diante das realidades da vida, que apresenta suas leis imutáveis.
Divisamos um “céu” de facilidades após a morte; ledo engano nosso, pois nada perturba a Lei Divina. Iremos colher o que plantamos.
É infinito o serviço que nos aguarda na espiritualidade, por isso, devemos ampliar a nossa visão, esclarecendo-nos por meio do estudo e da aplicação dos ensinamentos do Cristo, que há muito já nos aconselhou.
É bom salientar que estamos reencarnados aqui no orbe terreno com o propósito de aperfeiçoamento moral; resgate de débitos; progressão espiritual... respeitando a Lei de Causa e Efeito, de Ação e Reação.
A vida é muito mais do que imaginamos, é oportunidade bendita de trabalho e conquistas.
Não estamos aqui a passeio, assumimos um compromisso com o Criador que confia em nós, dando-nos o ensejo de sermos co-criadores da sua extensa Obra.
Então, quando pensarmos em vida futura, tenhamos em mente a assertiva de Jesus:
“... Meu Pai obra até o presente e eu obro incessantemente...” (João, capítulo V, versículo 1 a 17)
Arregacemos as mangas e mãos à obra!
Trabalhemos desde já para a nossa reformulação íntima, guardando em nós a certeza de que não estamos sozinhos, e que somos amparados a todo o momento pela Misericórdia Divina.
Recorramos à prece, pedindo esclarecimento, para que possamos sair da ilusão.
Louvemos a Deus!
Carlo Augusto Sobrinho – Rio de Janeiro – RJ
fonte: Seareiro

2 comentários:

Van disse...

Oi, Lu querida

definitivamente, viver bem é entender de causa e efeito, ações e reações, plantio e colheita.

Beijos

Denise disse...

É importante trabalhar sempre, assim conquistaremos uma melhor situação no plano espiritual, além de desenvolver nossa inteligências e aprendermos a amar incondicionalmente. Muita paz!

Postar um comentário