3 de novembro de 2011

Essa Migalha

imagem retirada da internet

No reino de teu lar em paz celeste,
Repara quantas sobras de fartura!...
O pão dormido que ninguém procura,
O trapo humilde que não mais se veste...

Do que gastaste, tudo quanto reste,
Arrebata o melhor à varredura
E socorre a aflição e a desventura
Que respiram gemendo em noite agreste!...

Teu gesto amigo florirá perfume,
Bênção, consolo, providência e lume
Na multidão que segue ao desalinho...

E quando o mundo te não mais conforte,
Essa leve migalha, além da morte,
Fulgirá como estrela em teu caminho.



Médium: Francisco Cândido Xavier

Espírito: Auta de Souza



Queridos amigos, bom dia!

Como o Natal está chegando, achei prudente compartilhar com vocês esse lindo poema de Auta de Souza, onde nos mostra a importância dos pequenos gestos, com carinho, amor e solidariedade.



Beijos a todos

Lu

6 comentários:

Principe Encantado disse...

Chico e suas sábias e belas mensagens, muito boa amiga. Parabéns pelo post.
Abraços forte

Paulo cesar januaria. disse...

Bom dia amiga olha eu como Cardecista só tenho a te agrdecer pois isso estamos chegando no natal epoca de compartilhar com os mais necessitados dai linda mensagen tenha um lindo dia em familia abraços amiga .

Malu disse...

Uma verdadeira oração.
Uma migalha sempre pode ser muito para alguém...
Abraços e PAZ!

Antonio Carlos Muniz Macedo disse...

Seu blog é um oásis ! muito obrigado !

bernar55 disse...

Bom dia gosto de Auta de Souza quando morava em
São Paulo dirigia a campanha Auta de Souza e aprendi muito com nossos irmãos.

Alba Simões disse...

Lu
Maravilhosa reflexão poética!
Somos seres com intenção de sermos inteiros, não devemos aceitar migalhas!
Belo texto amiga!
Beijos com carinho.

Postar um comentário